Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanHindiItalianJapanesePortugueseRussianSpanish
Pontos Turísticos em Piranhas
Visão geral da cidade vista do mirante - Foto: Peter Louiz (Licença-cc-by-3.0)
Visão geral da cidade vista do mirante - Foto: Peter Louiz (Licença-cc-by-3.0)

Conjunto arquitetônico preservado rendeu o título de Patrimônio Histórico Nacional

Mais do que isso, o município soube preservar não só a memória, mas seu patrimônio. Piranhas tem um dos conjuntos arquitetônicos mais conservados do país, o que acabou dando ao lugar, em 2003, o título de Patrimônio Histórico Nacional, concedido pelo IPHAN. Piranhas tem um centro de artesanato (que funciona de quarta a domingo, 10h às 17h) e uma noite agitada no fins de semana. O centrinho histórico recebe turistas e piranhenses com música ao vivo. Há vários bares e restaurantes.

Rota do Cangaço
O passeio, de quatro horas e meia, sai do atracadouro de Piranhas. Você navega pelo leito natural do Rio São Francisco até o distrito de Entremontes, onde vai conhecer de perto o rendedê, bordado típico da região. Dali, o catamarã segue para o ponto de onde sai a trilha que leva à Grota de Angico (foto acima), já no município de Poço Redondo, em Sergipe — lugar onde Lampião, Maria Bonita e mais nove cangaceiros foram mortos durante uma emboscada. Veja nosso.

Museu do Sertão
São dois pequenos ambientes com peças, objetos, armas, roupas e vestimentas da época do cangaço. Murais contam a história do movimento que abalou o sertão nordestino na década de 30 e mostra uma reprodução da famosa foto de Lampião e seu bando expostas como troféu nas escadarias da prefeitura de Piranhas. Fica na antiga estação ferroviária, no centro histórico. O casarão, em si, já é a atração: tem portas em forma de arcos e lambrequins criando uma espécie de franja no telhado.

Mirante Secular
O mirante foi construído no século 19. Funcionava como um pequeno farol para orientar as embarcações que navegavam pelo Rio São Francisco. No local há uma pirâmide quadrangular de 8 metros de altura que marca a passagem do século 19 para o século 20. Você pode chegar aqui de duas formas: a mais rápida . Saindo de Piranhas em direção a Canindé, você entra numa estradinha de terra que indica “Restaurante Flor de Cactus”, que fica no mesmo lugar. A outra maneira é subindo os 364 degraus de uma escadaria (não, obrigada!) até o topo. Se esta for sua opção, vá com calma e leve água. Você vai estar debaixo de um sol de 40º C do sertão.

Conheça mais sobre Piranhas
Destinos Alagoas
Publicidade