Empregos no turismo avançam quase 330% em 12 meses

 21/12/2019  |  Postado por: Redação Visite o Brasil
Praia do Morro, em Guarapari-ES. Foto: Vitor Jubini/MTur Destinos
Praia do Morro, em Guarapari-ES. Foto: Vitor Jubini/MTur Destinos

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, avalia que medidas organizadas pelo governo Jair Bolsonaro para impulsionar o setor ajudam a explicar os resultados. 'Vivemos um momento inédito no turismo nacional, com a melhoria do ambiente de negócios e o incentivo a novos investimentos'. 

A sequência de notícias que evidenciam a contribuição do turismo à economia brasileira acaba de ganhar um novo capítulo. O número de empregos formais criados pelo setor nos últimos 12 meses encerrados em outubro aumentou 329,9% na comparação com o mesmo período de 2018. É o que indicam dados divulgados nesta sexta-feira (20) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a partir da análise do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). (ACESSE AQUI O ESTUDO)

No total, houve a abertura de 24.902 vagas de trabalho, especialmente no segmento de hospedagem e alimentação (+163,1%). Os números também revelam um avanço de 271,5% no nível de empregabilidade do turismo de janeiro a outubro deste ano. Foi registrada a oferta de 15.563 postos, contra os 4.189 gerados nos mesmos 10 meses de 2018. O saldo também se mostra positivo em relação a setembro deste ano, com a criação de 1.630 empregos (+0,06%).

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, avalia que medidas organizadas pelo governo Jair Bolsonaro para impulsionar o setor ajudam a explicar os resultados. “Vivemos um momento inédito no turismo nacional, com a melhoria do ambiente de negócios e o incentivo a novos investimentos. Tivemos em 2019 o melhor ano do turismo desde 2003, e o empenho do governo Bolsonaro por melhorias na área certamente vai consolidar o mercado de viagens como uma das principais ferramentas de desenvolvimento do país”, aposta o ministro.

No mês de outubro deste ano, a geração de empregos foi mais forte na região Sul, principalmente em Santa Catarina. O Norte também criou novos postos, graças ao desempenho do Pará e do Amazonas. Já o Sudeste foi impactado negativamente por Rio de Janeiro e Espírito Santo, enquanto houve expansão em São Paulo e Minas Gerais. Já o Centro-Oeste apresentou superávit, e no Nordeste, dos nove estados, somente Piauí e Paraíba registraram saldo positivo

Conforme o estudo da CNC, o turismo responde por 7,6% do total de empregos com carteira assinada no Brasil (39.178.133). Destaque novamente para as atividades de hospedagem e alimentação (1,9 milhão), seguidas do transporte de passageiros (833,2 mil).

 

Mtur
André  Martins

Por: Redação Visite o Brasil
Salvador / BA
TAGS:  ,  
VER TODAS NOTICÍAS
NOTICÍAS
Publicidade