Chinese (Simplified)EnglishFrenchGermanHindiItalianJapanesePortugueseRussianSpanish
História de Araguacema
Praia de Araguacema - Foto: Thiago Sá (Conexão Tocantins)
Praia de Araguacema - Foto: Thiago Sá (Conexão Tocantins)

A primeira tentativa de colonização foi realizada em 1812, com a fundação do Presídio de Santa Maria, que distava 18 léguas ao norte da atual cidade de Araguacema, no Rio Araguaia. O presídio destinava-se à proteção do comércio e navegação. O encarregado de sua fundação o Tenente Francisco Xavier de Barros, partiu de Vila Boa em princípios de 1812, em companhia do Capitão Luiz da Gama e mais oitenta pessoas, incluindo soldados e paisanos, chegaram ao ponto preestabelecido para construção do Presídio. No primeiro ano tudo correu bem, os índios mantinham as melhores relações com a guarnição e moradores, tanto que o comandante já se preparava para abrir uma estrada até São Pedro de Alcântara (atual Carolina-MA.) com o objetivo de manter ligações com outras povoados às margens do Rio Tocantins.

No entanto, no dia 11 de fevereiro de 1813, cerca de oito horas da manhã, o pequeno estabelecimento foi cercado e assaltado pelos índios Carajás, Xavantes e Xerentes, que se coligaram para efetivação desse intento. Foram, todavia, rechaçados no decorrer dos embates do dia; ao cair da noite o Comandante suspeitando do ataque definitivo dos índios, resolveu embarcar com todos os habitantes do presídio em dois botes disponíveis, fugindo rio abaixo. O grupo já bastante reduzido em razão de mortes ocorridas no trajeto, conseguiu chegar à localidade de São João das Duas Barras no Estado do Pará.

O Príncipe Regente D. João, ao ter conhecimento da destruição do presídio, determinou por aviso de 3 de dezembro de 1813, o restabelecimento do mesmo. Porém só mais tarde, no Governo de Goiaz de José Martins Pereira de Alencastro, foi o presídio restabelecido, no entanto a 18 léguas rio acima do primitivo local, onde o evangelizador Frei Francisco do Monte São Victor, já havia se estabelecido, vindo com algumas famílias de Bôa Vista (atual Tocantinópolis) para onde hoje se localiza a Cidade de Araguacema, deu início a construção de uma capela, destinada a catequese dos índios Carajás e Caiapós que habitavam a região.

O nascente povoado recebeu vigoroso impulso quando foi escolhido para sede do presídio de Santa Maria do Araguaia. Em 1870, o bravo sertanista e desbravador General José Vieira Couto de Magalhães fundou a Companhia de Navegação a Vapor do Rio Araguaia, e estabeleceu a sede nas instalações do presídio. Em 1930 deu-se a mudança da sede da vila de Porto Franco (hoje Couto de Magalhães) para o povoado de Santa Maria do Araguaia (hoje Araguacema) que foi elevada à categoria de vila em 18 de março de 1931, e em 30 de março do mesmo ano, foi elevada à categoria de cidade.

Fonte: Gov Tocantins, Wikipédia e Ibge

 

Conheça mais sobre Araguacema
Destinos Tocantins
Publicidade