Sua Historia

Historia do Amazonas - Foto/Reprodução: João Ramid
Historia do Amazonas - Foto/Reprodução: João Ramid

A história do estado do Amazonas, um estado no noroeste da Região Norte do Brasil, pesquisas arqueológicas apontam ocupações pretéritas por grupos de paleoindios caçadores, coletores foram datadas em 11.200 anos antes do presente. O período de maior desenvolvimento humano nas terras baixas Amazônicas e conhecido como pré-colonial tardio, que coincide com a invasão europeia, nos séculos XVI e XVII, e a desestruturação sociopolítica de sociedades complexas que ocupavam a calha do Amazonas e terra a dentro.

O estado do Amazonas já foi parte a uma unidade administrativa portuguesa denominada Estado do Maranhão e Grão-Pará, com cabeça de governo em São Luiz do Maranhão, Posteriormente a capital foi transferida para a cidade de Santa Maria de Belém do Grão-Pará (Atual Belém) e passou a se chamar Estado do Grão-Pará e Maranhão. Vale lembrar que o Estado do Grão-Pará, era uma unidade administrativa que respondia diretamente a metrópole Lisboa e não ao estado do Brasil. Em meados do século XIX a Barra do Rio Negro foi elevada à categoria de província.

A província foi primeiramente nominada de Forte de São José da Barra do Rio Negro e posteriormente de Amazonas um alusão as Amazonas Americanas, que aparecem no relato histórico do Frei Gaspar de Carvajal na confluência do Rio Nhamundá, onde pelejaram com a expedição de Francisco de Orellana. Icamiabas é uma palavra tupi que designa o nome dado às mulheres sem homens, ou ainda, mulheres que ignoram a lei. Quando Francisco de Orellana desceu o atual rio Amazonas em busca de ouro em 1541, rumo ao Andes, o rio era chamado de rio Grande, Mar Dulce ou até mesmo rio da Canela, por causa das grandes árvores de canela existentes ali. Entretanto, o principal nome dado ao rio era rio das Icamiabas.

As icamiabas eram mulheres guerreiras indígenas, resistentes aos colonizadores. A resistência vitória das icamiabas contra os invasores espanhóis foi tão relevante que o rei espanhol Carlos V tomou conhecimento do fato por narrações. Elas passaram a ser chamadas de 'amazonas', inspirado nas guerreiras hititas. Amazonas é o nome dado pelos gregos às mulheres guerreiras. No livro Matriarchat in Südchina: Eine Forschungsreise zu den Mosuo (Taschenbuch), a autora, Heide Göttner-Abendroth, revela a raiz comum da palavra Ama para a sociedade matriarcal ainda existente na China, no povoado de Moso, cujo significado é mãe, na língua local dos mosos; a palavra ainda encontra a mesma raiz no norte da África, aonde também o matriarcado existiu e os quais se auto denominavam amazigh. Por esta razão, a antiga palavra Ama tem o significado de Mãe no sentido mais estrito; no sentido figurativo denomina cultura matriarcal.

 

Fonte: Wikipédia

Historia do Amazonas - Foto/Reprodução: João Ramid
Historia do Amazonas - Foto/Reprodução: João Ramid
 Veja também
A pré-historia amazônica costuma ser dividida em três fases: Paleoindígena, Arcaica e Pré-historia Tardia. Acredita-se que a fase Paleoindígena tenha vivido por volta de 9.200 anos atrás, e a maior comprovação desta teoria...Saiba mais
Em 1669, foi fundado o Forte de São José da Barra do Rio Negro, na área onde hoje fica Manaus, pelo capitão português Francisco da Mota Falcão. A fortificação serviu como base para o (esparso) povoamento do amazonas...Saiba mais
Originalmente, a área do atual Estado do Amazonas não integrava as terras portuguesas, conforme os termos do Tratado de Tordesilhas, ficando sob domínio espanhol. O primeiro europeu a percorrer todo o curso do rio Amazonas...Saiba mais
Destinos Amazonas
Publicidade