Turismo interno é saída para driblar dólar em alta

 27/05/2018  |  Postado por: Redação Visite o Brasil
Comendo caranguejo em Aracaju-Se - Foto: Emsetur
Comendo caranguejo em Aracaju-Se - Foto: Emsetur

Na avaliação da presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens do Rio (ABAV-RJ), Teresa Cristina Fritsch, quem já fechou pacote para outro país precisa ficar atento às despesas a fim de não sentir tanto no bolso. Ela também sugere o turismo interno como uma saída.

Com o valor da moeda norte-americana lá em cima, a alternativa para quem pensava em viajar para o exterior nas férias do meio do ano é mudar a rota e aproveitar destinos por aqui pelo Brasil. Na última sexta-feira, o dólar turismo fechou em R$3,85 e o euro em R$ 4,28. De acordo com o coordenador do MBA de gestão financeira da FGV-Rio, Ricardo Teixeira, a proximidade das eleições deste ano é um dos fatores que estão impactando a alta das moedas, além de razões externas.

'Neste momento, a melhor opção para quem está de olho no orçamento mas não abre mão de se divertir, é viajar pelo nosso país', orientou Ricardo Teixeira.

Segundo a Agência de Turismo CVC, a alta da moeda norte-americana provocou desaceleração na venda de viagens internacionais. E o consumidor vem optando por destinos nacionais em tempos de dólar e também de euro mais caros.

Na avaliação da presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens do Rio (ABAV-RJ), Teresa Cristina Fritsch, quem já fechou pacote para outro país precisa ficar atento às despesas a fim de não sentir tanto no bolso. Ela também sugere o turismo interno como uma saída. 'O brasileiro pode deixar de ir para o exterior e procurar destinos brasileiros por serem mais baratos', diz.

De família nordestina, a estudante de Comunicação Social, Lívia Lima, 22 anos, não abre mão de viajar nas férias: 'Sou apaixonada por fazer as malas e desbravar lugares. Sempre viajo. Bahia, Minas, Pará, ou outras cidades dentro do Rio. Renova as energias'.

A estudante, que pretende ir para o exterior quando a situação melhorar, vai se planejar para não ficar apertada financeiramente. Enquanto isso, prefere ficar pelo Brasil. 'Tem tanto lugar bom, bonito e barato para se aventurar. É só querer. O nosso país é enorme', afirmou.

O Banco Central divulgou que o brasileiro no exterior gasta cerca de US$ 1,538 bilhão e o estrangeiro US$ 499 milhões, de acordo com levantamento do mês passado.

 

 

Fonte: O dia
https://odia.ig.com.br/economia/2018/05/5543680-turismo-interno-e-saida-para-driblar-dolar-em-alta.html )

Por: Redação Visite o Brasil
Salvador / BA
TAGS:  ,  
VER TODAS NOTICÍAS
NOTICÍAS
Publicidade