Grutas e Cavernas

Gruta da Pratinha - Chapada Diamantina (Iraquara-Ba) Foto: Heverson Santos
Gruta da Pratinha - Chapada Diamantina (Iraquara-Ba) Foto: Heverson Santos

Poço Azul - Andaraí
Uma caverna, com um poço em seu interior, localizada em Andaraí - acesso pela BA-142, em direção ao Poço Encantado - é uma das atrações mais famosas da região. Dentro de uma gruta a natureza dá o seu espetáculo. De abril a agosto um raio de sol atravessa a gruta criando um efeito belíssimo em suas águas. Partindo de Lençóis são 150 km.

O banho é refrescante e o cenário paradisíaco - é permitido o mergulho de superfície. O número de pessoas que entram de cada vez é limitado, paga-se uma pequena taxa mas não é necessário guia, já que o local é relativamente pequeno e não oferece maiores riscos.
Duração: Tempo Livre
Dica: Não deixe lixo no local
Chegar: Entrando em uma estrada de terra à esquerda, terminando às margens do rio Paraguaçu, o turista deve deixar o carro e atravessar o rio. Do outro lado, localiza-se a propriedade onde está a caverna.

Gruta do Convento - Campo Formoso
A uma distância total de 100 quilômetros de Juazeiro, é uma aventura imperdível. Em suas dimensões máximas, ela apresenta 40 metros de largura, 30 de altura e mais de cinco mil metros de comprimento.

Gruta Azul - Lençóis
Com um belíssimo visual, esta gruta se comunica com a Pratinha por um canal de água subterrâneo, que tem despertado o interesse de equipes de pesquisadores e jornalistas especializados. É uma aventura perigosa e não recomendada a leigos. A próxima gruta, nove quilômetros adiante, e em sentido contrário, é a Lapa Doce. Com aproximadamente três quilômetros de extensão, ela encanta por suas formações de estalactites e estalagmites.
Duração: Tempo Livre
Dica: O que levar: Calçados confortáveis Capa de chuva Máquinas fotográfica Repelente Roupas leves Cuidados: Devido a extensa área do Parque e trilhas com bifurcações, o acompanhamento de um guia é indispensável. Alimentação: Não deixe de experimentar os pratos típicos da região: cortado de palma, tucunaré frito, buchada de bode e galinha ao molho pardo.

Gruta da Boa Esperança - Morro do Chapéu
A 66,7 quilômetros de Morro do Chapéu, com acesso asfaltado até Bonito e daí em diante em estrada de terra, é um local místico, onde um grupo de fanáticos, ali instalados, acreditava que, pelo sacrifício humano, as pedras do local se transformariam em ouro. A gruta é pequena, com cerca de 20 metros de extensão, e o que mais chama a atenção é um painel de pinturas rupestres.
Duração: Tempo livre

Dica: Dicas O que levar: Calçados confortáveis Capa de chuva Máquinas fotográfica Repelente Roupas leves Cuidados: Devido a extensa área do Parque e trilhas com bifurcações, o acompanhamento de um guia é indispensável. Alimentação: Não deixe de experimentar os pratos típicos da região: cortado de palma, tucunaré frito, buchada de bode e galinha ao molho pardo.

Chegar: A sede está localizada a 386 km de Salvador pela BA-052 (Estrada do Feijão). As opções de acesso são: de carro, aproximadamente 4 horas de viagem ou através da empresa de ônibus Águia Branca, que tem horários diários em ônibus comerciais, semi-leitos e leitos, com ar condicionado; a viagem dura, em média, 6 horas.

Gruta da Igrejinha - Morro do Chapéu
Situada na mesma APA, é pela BA-052 até João Dourado, num percurso de 64 quilômetros; aí, dobra-se à direita no sentido norte, por mais 11 quilômetros, e novamente à direita para Leste, por mais 38 quilômetros, até o rio Jacaré.

Esta caverna, formada por uma única galeria, tem cerca de 45 metros de altura e 300 de extensão. A Igrejinha também é formada pelo rio Jacaré que, antes de penetrar na gruta, forma poços cristalinos, limitados por paredões verticais.A iluminação é natural com alguns trechos em penumbra. Um estalactite com cerca de 25 metros de altura e quase 20 de diâmetro é o espeleotema que mais impressiona e pode ser considerado um dos mais expressivos do Brasil.

Duração: Tempo Livre

Dica: Dicas O que levar: Calçados confortáveis Capa de chuva Máquinas fotográfica Repelente Roupas leves Cuidados: Devido a extensa área do Parque e trilhas com bifurcações, o acompanhamento de um guia é indispensável. Alimentação: Não deixe de experimentar os pratos típicos da região: cortado de palma, tucunaré frito, buchada de bode e galinha ao molho pardo.

Chegar: A sede está localizada a 386 km de Salvador pela BA-052 (Estrada do Feijão). As opções de acesso são: de carro, aproximadamente 4 horas de viagem ou através da empresa de ônibus Águia Branca, que tem horários diários em ônibus comerciais, semi-leitos e leitos, com ar condicionado; a viagem dura, em média, 6 horas.

Gruta da Pratinha - Iraquara
A primeira é a gruta da Pratinha, no município de Iraquara, a 76 quilômetros de Lençóis, pela BR-242. O local dispõe de uma pequena infra-estrutura de apoio com bar, restaurante e sanitários. Para visitar a gruta da Pratinha e a gruta Azul, que ficam em propriedade particular, paga-se uma taxa de manutenção.

Trata-se de uma gruta escavada pelo rio Pratinha, quando este deixa de ser subterrâneo e aflora à superfície. A gruta tem características das regiões calcárias, possui um tom azulado e águas cristalinas que emprestam uma beleza especial. A cavidade da gruta chega a 80 metros e o leito é coberto por micro búzios, semelhantes à areia fina. Na boca da gruta há uma vegetação típica de caatinga, com palmas que descem até quase chegar à água.

Fora da gruta é permitido o banho de rio, também de águas cristalinas, onde é costume mergulhar com óculos apropriados para ver as deslumbrantes fauna e flora subaquáticas.

Gruta Nossa Senhora da Soledade - Bom Jesus da Lapa
Localizada em Bom Jesus da Lapa, antigamente sua entrada era feita pelo lado do rio. Para facilitar sua penetração, foi aberto um corredor ou túnel de 20 metros de comprimento. Contam que, quando da abertura do túnel, foi encontrado, dentro de uma cavidade do tamanho de um ovo, um sapo transparente, vivo, de unhas compridas, que pulou fora e desapareceu. No altar, a imagem de Nossa Senhora da Soledade e, do lado esquerdo, quatro esculturas em bronze representando os Quatro Evangelistas, segundo a visão de Ezequiel, que fazem parte de uma oferenda por uma graça alcançada. Ao lado direito, três grandes janelas se abrem para o Velho Chico.

O caminho continua por trás do altar. Primeiro, a “sala dos milagres”, onde são colocados os ex-votos. Em seguida, a gruta de Santa Luzia, aberta em 1965. A imagem de Santa Luzia está sobre uma estalagmite, a 10 metros de altura, tendo ao fundo um conjunto de estalactites em forma de leque. A visita ao santuário se completa com uma subida até o topo do Morro da Lapa, com 93 metros de altura, entre formações rochosas de tonalidade cinza-escuro, em meio à vegetação de caatinga.

O caminho é íngreme e cansativo, mas a recompensa para os que fazem o percurso: uma linda visão panorâmica de toda a região. No topo do morro está o Cruzeiro e a última estação da Via Sacra. Há também aí um ponto de apoio, mantido pela prefeitura, para a venda de água mineral e refrigerantes.

Gruta do Catão - Barreiras
Localizada na divisa com São Desidério, a Gruta do Catão tem um acesso relativamente fácil. Você pode chegar lá através de uma trilha de aproximadamente 100 metros, em terreno íngrime, pedregoso e de vegetação densa. As árvores são de grande porte e as paisagens exuberantes, com um grande penhasco em forma de 'U', de onde se avista o Lago Azul, um dos principais cartões postais da região.

Gruta do Cristal - Morro do Chapéu
Também é feita pela rodovia Morro do Chapéu / Bonito até o povoado de Catuaba onde pega-se uma estrada de cascalho para Cafarnaum, por dois quilômetros e, em seguida toma-se um desvio à esquerda por 1,5 quilômetro.

Na área há quatro cavidades: Cristal I, Cristal II, Pé de Manga e dolina Buracão IV. A gruta Cristal I, a mais importante, tem cerca de três quilômetros de extensão, com alturas que variam de menos de um metro a mais de 30. Os salões e galerias são completamente desprovidos de espeleotemas.

Gruta dos Brejões
O principal atrativo de Morro do Chapéu é, sem dúvida, a gruta dos Brejões, uma das mais notáveis do Brasil com 7.750 metros de extensão, que está entre as 15 maiores do país em amplitude.
A partir da cidade de Morro do Chapéu, chega-se à gruta dos Brejões pela rodovia BA-426, via Várzea Nova, Lages do Batata (até aqui, 34 quilômetros são no asfalto, o restante do percurso é em estrada de terra, recomendada apenas para carros de tração), Ourolândia e fazenda Mulungu da Gruta, num total de 180 quilômetros.Os adeptos de aventuras radicais têm na gruta dos Brejões um cenário perfeito para a prática de rapel - descida em cordas - especialmente na entrada da caverna, que mede 123 metros de altura, ou nas clarabóias existentes.

Para os que têm medo de altura, a Gruta dos Brejões oferece outras opções em ecoturismo. Desenvolvida ao longo da drenagem do rio Jacaré, em rochas calcárias, Brejões apresenta espeleotemas de rara beleza cênica entre estalactites, estalagmites com até 12 metros de altura, represas de travertinos, cascatas de pedra, cortinas, colunas, clarabóias, salões em diferentes níveis topográficos, galerias, lagos e trechos do rio Jacaré que submerge no interior da caverna, propiciando deliciosos mergulhos.

A entrada principal possui 60 metros de largura e 123 metros de altura, sendo a segunda boca de caverna de maior altura no Brasil (a primeira fica em São Paulo). Importante sítio paleontológico, a caverna também tem uma conotação religiosa com cruzeiro, altar, imagens e locais de oferendas, sendo muito visitada por romeiros. A luz natural só alcança os primeiros 150 metros.

A partir da segunda clarabóia, há uma saída contínua com um canyon, onde os paredões de calcário têm altura acima de 100 metros e são cheios de fendas, trincas e buracos. Nestes locais, várias espécies da fauna como gavião, carcará, águia chilena, andorinha, urubu, jandaia, maracanã e papagaio verdadeiro fazem seus ninhos e quebram o silêncio da caverna com seus sons estridentes. Para esta aventura é necessário levar lanterna, cantil e lanche para o tempo de permanência na área, pois não há qualquer infra-estrutura de apoio num raio de cem quilômetros.

Gruta dos Ossos - Jacobina
Esta gruta é um verdadeiro sítio arqueológico; nela ainda são encontrados resto de animais pré-históricos.

Gruta da Pratinha - Chapada Diamantina (Iraquara-Ba) Foto: Heverson Santos
Gruta da Pratinha - Chapada Diamantina (Iraquara-Ba) Foto: Heverson Santos
Gruta Nsa da Soledade (Bom Jesus da Lapa-Ba) Foto: Gerson Rodrigues
Gruta Nsa da Soledade (Bom Jesus da Lapa-Ba) Foto: Gerson Rodrigues
Gruta Nsa da Soledade (Bom Jesus da Lapa-Ba) Foto: Hotel a Paz
Gruta Nsa da Soledade (Bom Jesus da Lapa-Ba) Foto: Hotel a Paz
VER MAIS 5 FOTOS
 Veja também
Rio Peruípe - Nova Viçosa Navegável em todo seu estuário, desde o canal principal até os do manguezal e braços de mar, em barco, lancha ou canoa, o Rio Peruipe recebe, próximo a foz, as águas dos rios Pitu-açu, Pau Alto...Saiba mais
Belíssima e encantadora Lagoa do Cassange, uma lagoa escura, rodeada de areias brancas. A lagoa é extremamente comprida, estendendo-se por aproximadamente mais de cinco (05 km). Vale muito a...Saiba mais
Dependendo da época, o riacho da Larguinha, que forma a Cachoeira, tem mais ou menos água, o que provoca o efeito “fumaça” com a queda d’água a uma altura de 420 metros a 1.490 metros. Ao invés de descer,...Saiba mais
Destinos Bahia
Publicidade