Cachoeiras

Cachoeira da Primavera (Lençóis-Ba) Foto: Hostel Chapada
Cachoeira da Primavera (Lençóis-Ba) Foto: Hostel Chapada

 
Cachoeira da Fumaça-Palmeiras
Dependendo da época, o riacho da Larguinha, que forma a Cachoeira, tem mais ou menos água, o que provoca o efeito “fumaça” com a queda d’água a uma altura de 420 metros a 1.490 metros.
Ao invés de descer, a água da cachoeira sobe, levada pelo vento, formando um espetáculo de cores e formas. A velocidade e força do vento são tantas que, para chegar até a ponta do penhasco, é preciso engatinhar.

Outra maneira de chegar até esta cachoeira é por baixo, através de uma trilha de aproximadamente 27 km, a partir de Lençóis. A caminhada dura três dias e os ecologicamente corretos acampam em tocas e abrigos dentro do canyon.

Exuberante e imponente, essa cachoeira despenca de um paredão de, aproximadamente, 400 m. Devido a sua pequena vazão de água, forma-se uma cortina de fumaça perto do solo. Para quem pretende avistá-la de cima, são necessários 12 km de caminhada. Já para vê-la de baixo é preciso um pouco mais de fôlego. São três dias de caminhada, acampando e passando por lugares como a Serra do Veneno, Cachoeira do Palmital, Cachoeira do Sossego, entre outros.

Cachoeira da Água Branca
Assim que deixa Valença, o visitante se depara com a primeira atração do passeio: um mirante permite uma bela vista panorâmica da cidade e do Canal de Taperoá com o mar.Por estrada rural, chega-se à sede da Fazenda Água Branca, onde fica a cachoeira, situada dentro de uma Reserva Particular do Patrimônio Natural - RPPN, com 100 ha de área. A partir da sede e ao longo de fazendas de criação de búfalos, existe uma trilha carroçável que costuma ser percorrida a pé, pois o declive é acentuado.

Próximo à cachoeira, a trilha passa por uma mata diversificada e densa, povoada de caititus e tatus, de onde já se ouve o som da queda d´água formada pelo Rio Gereba (que em tupi significa 'pássaro de cabeça vermelha', mas na linguagem popular local quer dizer 'coisa velha'), que cai numa deslumbrante cortina de espuma branca de 30 metros de altura, ótima para o banho. A maior parte da trilha é sombreada e bastante úmida. Também existe ali uma ilha fluvial, onde foi construído um quiosque que permite apreciar a bela vista ao redor.
Duração: 2 horas
Dica: A descida pela trilha deve ser feita com sapato de sola antiderapante
Chegar: Saindo de Valença

Cachoeira da Usina - Ituberá
Conhecer a Fazenda Providência, banhar-se na cachoeira e contemplar a beleza da Mata Atlântica. localizada no caminho para a praia de Jeribucaçú. A cachoeira foi antiga usina geradora de energia para Itacaré, em 1942, época do apogeu do cacau. Possui queda de 25 metros de altura, formando uma belíssima piscina natural em meio a Mata Atlântica.
Duração: 2 horas
Chegar: Saindo do povoado de Taboquinhas em direção à BA-001 (Itacaré, percorrer 1 km, virar à direita e percorrer mais 1 km até chegar à cachoeira da Usina).

Cachoeira do Cleandro - Itacaré
Conhecer as belezas naturais do rio de contas e banhar-se na piscina natural formada pelas duas seções de queda d’água da cachoeira do Cleandro. Acesso por barco ou canoa, a partir da Praia da Concha. Formada pelo Rio de Contas, possui de duas seções de quedas d’água e belas piscinas naturais.
Duração: O dia todo.
Dica: No entorno da cachoeira existem serviços de bar e restaurante
Chegar: Partir de barco pelo rio de Coantas, em Itacaré, por 30 minutos, até o rio do Engenho.

Cachoeira do Tremembé - Maraú
Cercada de mata, essa linda queda d´água de 30 metros de largura por 5 metros de altura forma um grande lago. O banho no local é muito agradável, mas saltar do barco próximo à cachoeira é perigoso, pela força das áuas. Ao longo das margens do Rio Baiano, existe uma trilha que pode ser percorrida em aproximadamente 15 minutos e que passa por um antigo canal de uma pequena usina hidrelétrica que ali funcionava.

O local não possui nenhuma infra-estrutura para a recepção dos turistas. É recomendável levar alimentos para o passeio. Esse passeio é a melhor maneira de se conhecer a Baía de Camamú. O ponto de partida é o Porto de Jobel. Os passeios são feitos de lancha e até chegar a Cachoeira de Tremembé o turista passa pelos Rios do Céu e do Maraú e pelo mangue. Chegando à Cachoeira o ideal é tomar um banho refrescante em suas águas. O passeio dura, aproximadamente, quatro horas.

Duração: Tempo livre
Dica: No planejamento desse passeio, é importante incluir um banho no lago formado pela cachoeira e uma caminhada pelas margens do Rio Baiano. O que levar: Agasalho para noite Boné Cantil Capa de chuva Máquina fotográfica Mochila Protetor solar Repelente Roupas para banho Tênis para caminhada Cuidados: É aconselhável fazer os passeios que a península oferece sempre acompanhado de um guia ou alguém que conheça em a região. Alimentação: Nas pousadas há restaurantes com opções de comida baiana e frutos do mar. Outra ótima pedida são os caranguejos Guaiamum, que são cozidos na hora.

Chegar: sair do Porto do Jobel a bordo de um pequeno catamarã. Situado no centro da contracosta da Península de Maraú, esse porto é, na verdade, um simples atracadouro em madeira que atende à parte central da península. Seguir na direção sul, por um canal estreito ladeado de manguezais, passar pela cidade de Maraú e ir adiante. A cachoeira aparece na última curva do estuário, em direção ao Rio Baiano. Sair da cidade de Maraú pela BR-030 e percorrer cerca de 25 km.

Cachoeira da Pancada Alta
Pelo menos dois caminhos levam até essa cachoeira, que fica escondida no fundo de um vale encoberto de mata nativa, onde quase não chega a luz do sol. Para qualquer um dos caminhos, o ponto de partida é o vilarejo de São Bernardo, distrito de Camaçandi, antiga Fazenda São Bernardo, com capela e ruínas de um engenho, à margem do Rio da Dona. Pela margem direita, chega-se à cachoeira através de uma trilha de baixo impacto e curta duração, no Sítio Nova Esperança.

Na outra margem, a trilha é pela Fazenda Ponte da Felicidade, com um percurso bem maior e com direito à travessia do rio.
Duração: 2 horas
Dica: A cachoeira do Rio da Dona é o limite entre as duas propriedades; é necessário um contato prévio para sua visitação.
Chegar: Saindo de Jaguaripe, 12 km em direção à BA-001, seguindo esta última por 2 km ao sul, em direção ao povoado de São Bernardo. Neste povoado, está o Sítio Nova Esperança, enquanto a Fazenda Ponte da Felicidade está localizada do outro lado do Rio da Dona, com acesso através da BA-001.

Cachoeira da Pancada Grande - Ituberá
Uma das mais bonitas do litoral brasileiro, a cachoeira está dentro dos limites de uma Área de Proteção Ambiental - APA e é um dos mais importantes atrativos ecoturísticos da região. Próximas à base da cachoeira estão as ruínas da casa de máquinas de uma antiga usina hidrelétrica.

Ao se percorrer um trecho de estrada de barro, de longe já se vislumbra, entre a vegetação de Mata Atlântica, a bela queda d´água de 40 metros de altura formada pelo Rio Mariana. Há também um acesso para a parte alta da cachoeira, onde existe um mirante, de onde se avista toda a costa, as plantações de seringueira e as matas da região.

Os adeptos dos esportes de aventura praticam o cascading (rapel na água)nesta cachoeira que possui uma queda d´água vertical entre 80 e 100 metros, oferecendo pelo menos duas possibilidades da prática esportiva em duas descidas de 50 metros.

Cachoeira da Primavera - Lençóis
A cachoeira da Primavera é a primeira da série de espetáculos que a natureza oferece. Com cerca de seis metros de altura, formada pelo riacho Grisante, um afluente do rio Lençóis, a Primavera é uma cachoeira permanente, com água gelada e forte, ótima para massagear o corpo. O local para banho é completamente tomado por pedras.

Cachoeira da Vitória - Santo Amaro
Já foi mais alta, cerca de 4 metros; uma forte enchente no rio Paraguaçu modificou o seu traçado e a queda livre. Atualmente a cachoeira da Vitória, formada pelo rio do mesmo nome, tem três pequenas quedas d´água de volumes diferentes. Para chegar até ela é só seguir uma trilha beirando a margem direita do rio Vitória ou, para os adeptos de aventura, fazer uma pequena caminhada pelo leito do rio.

Duração: 2 horas e meia
Dica: Aproveite para comprar o autêntico azeite de dendê pisado no pilão, feito pelos nativos.
Chegar: Saindo de Santo Amaro em sentido noroeste, percorrer 4 km na estrada para Oliveira dos Campinhos e entrar à esquerda por mais 4 km em direção ao povoado de Pedras. Daí, seguir 1,5 km andando por uma trilha que margeia o rio Vitória.


Cachoeira de Castro Alves - Ituberá
A cachoeira fica em área urbana, na cidade de Ituberá, em um dos trechos do Rio dos Cágados, o que lhe dá uma característica muito especial, pois combina a exuberância da natureza com as construções feitas pelo homem.

Duração: Tempo livre
Dica: Não existe possibilidade de banho nessa cachoeira, devido à força das águas e à quantidade de pedras existentes no local.
Chegar: A cachoeira fica no centro da cidade de Ituberá

 

Cachoeira da Pancada Grande (Ituberá-Ba) Foto: Reprodução Espaço Turismo
Cachoeira da Pancada Grande (Ituberá-Ba) Foto: Reprodução Espaço Turismo
Cachoeira de Tremembé (Maraú-Ba) Foto: Jota Freitas - Setur-Ba
Cachoeira de Tremembé (Maraú-Ba) Foto: Jota Freitas - Setur-Ba
VER MAIS 5 FOTOS
 Veja também
Rio Peruípe - Nova Viçosa Navegável em todo seu estuário, desde o canal principal até os do manguezal e braços de mar, em barco, lancha ou canoa, o Rio Peruipe recebe, próximo a foz, as águas dos rios Pitu-açu, Pau Alto...Saiba mais
Parque Ecológico Municipal - Nova Viçosa A paisagem é deslumbrante e você ainda pode conhecer os manguezais e as ilhas de Barra Velha e Coroa Vermelha. APN do Salitre - Juazeiro Esta área tem seu relevo...Saiba mais
Uma caverna, com um poço em seu interior, localizada em Andaraí - acesso pela BA-142, em direção ao Poço Encantado - é uma das atrações mais famosas da região. Dentro de uma gruta a natureza dá o seu...Saiba mais
Destinos Bahia
Publicidade